Home

o-casamento-de-raquel-cartazAs personagens do diretor Jonathan Demme são sempre ecléticas e sensivelmente ricas em suas mais íntimas características, foi assim em O silêncio dos Inocentes, em Filadélfia e não poderia ter sido diferente em O casamento de Rachel, enquanto assistia ao filme não sabia se estava vendo um filme de ficção filmado com tom documental ou um documentário que emocionava como um filme de ficção. Novamente Jonathan Demme apresenta tramas espalhadas que dividem o foco por várias personagens. Essa característica que lembra os primeiros filmes de Woody Allen já aparece no título, embora o casamento seja de Rachel (Rosemarie DeWitt de A Luta pela esperança) o papel principal é de sua irmã Kym em atuação brilhantemente convincente de Anne Hathaway (de O diabo veste Prada) que transita entre o sarcasmo, a tristeza, a maldade e a melancolia de modo sensivelmente verdadeiro.

O que parece ser um final de semana familiar regado a música e amor tem seu clima abalado pela presença da dark Kym que parece um elemento desagregador pelas lembranças e ressentimentos que trás consigo e que provoca nas pessoas com seus comentários jocosos e de humor negro.

Essa muitas vezes hilária família não tem preconceitos nem se mostra excludente, mas tem em seus ressentimentos seu maior desafio de união. O excesso de cuidado e as desconfianças se revezam e muitas vezes não sabemos qual deles está presente.
Não saber qual deles está em ação em determinada situação não só a torna ainda mais real como retrata brilhantemente o poder de recuperação e de perdão da família.

Mais do que uma reunião ou uma trégua pelo casamento de Rachel o que vemos é um retrato de como o amor que une as famílias é capaz de superar os mais difíceis e aparentemente insolúveis problemas.

O filme é todo filmado com a câmera nas mãos e a música é a mesma que está sendo ensaiada, ao fundo, para o casamento. Isso confere ao longa um ar de informalidade que transita de modo eficiente entre o drama e o humor negro inteligente.
Um filme que parece despretensioso e pequeno, mas que cresce assim que o expectador se envolve com ele.

Veja o trailer em: http://www.youtube.com/watch?v=btVTzp6wYBM

Anúncios

Um pensamento em “Filme: O casamento de Rachel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s