Home

gomorra-cartazSerei breve ao comentar sobre Gomorra de Matteo Garrone. Esse bem realizado filme documenta uma Itália que sofre com a corrupção e com a organização criminosa que lá se instalou não como uma alternativa de vida, mas como o único modo de se sobreviver.
Não acredito que Cidade de Deus de Fernando Meirelles seja uma referência ou possa ser citado como exemplo, mas acredito que a força desse tipo de organização criminosa mostrada em ambos os longas faz com que os moradores de cada um desses países se sintam retratados e não-retratados ao mesmo tempo; a produção de Matteo Garrone é tão boa quanto for o incômodo dos puristas de seu país.

Gomorra, título que relembra, em excelente jogo de palavras, a cidade destruída por Deus, segundo o velho testamento, devido ao hábito pecaminoso de seus habitantes, conta cinco histórias relacionadas à Camorra (facção napolitana do crime organizado italiano). O uso de luz natural, de locações como um decrépito e perturbante complexo de apartamentos, os vastos espaços abertos e os personagens que mais parecem pessoas comuns fazem com que percebamos que o filme conta uma história real e, que embora não se entrelacem de modo claro no filme, fazem parte de um mesmo mundo, de um mesmo local. Só uma coisa fica mais clara que a certeza de que essas histórias fazem parte de uma só realidade: a fraqueza interna inerente a tão robusta e forte organização.

A história nos mostra que mesmo no mais forte e hermético governo existe fragilidade interna que podem culminar em seu declínio e extinção. A “guerra” existente dentro da organização criminosa nos dá esperança de que não será necessário eliminar toda província napolitana, como Deus fez com a cidade de Gomorra, para eliminar os “maus hábitos” daquela região e “salvar” os outros.

Elenco com boas atuações, com destaque especial a Marco Macor, Ciro Petrone (com personagens homônimos) e ao jovem Salvatore Abruzzese de apenas 13 anos.

Um tratado para ser visto e lido pelos amantes de história atual e um belo filme que merece mais que uma ameaça de morte ao escritor do livro que o inspirou.

Veja o trailer em: http://www.youtube.com/watch?v=f0efujP7nEk

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s