Home

001-bambalalao1Na década de 80, época em que eu era criança, existia um programa na TV Cultura chamado Bambalalão, comandado por Gigi Anhelli e Silvana Teixeira. Era ambientado em um cenário que lembrava o picadeiro de um circo e contava com a participação de crianças da pré-escola e do ensino fundamental. As crianças eram alocadas em duas equipes: a equipe do vermelho e a equipe do amarelo. Na platéia todos podiam participar, bastava comparecer ao Teatro Franco Zampari uma hora antes do início do programa e retirar gratuitamente sua senha.

Além das competições entre as equipes, o programa também apresentava quadros com teatros de bonecos, mímicas, brincadeiras com o palhaço Tic-Tac interpretado por Marilan Sales, criação em oficinas de arte e música com o professor Parapopó, interpretado pelo ator Chiquinho Brandão e ainda contava com narrações de histórias infantis.
As narrações dos contos infantis, feitas por Gigi Anhelli, eram sempre encerradas pela frase “Essa história entrou por uma porta e saiu pela outra e quem quiser que conte outra.” Frase que acabou por se tornar um bordão e música do programa.
Todas as atividades desenvolvidas buscavam transmitir educação informal para as crianças estimulando-as através de atividades de arte e lazer.

Recebeu cinco prêmios da APCA como melhor programa infantil nos anos 80. Atualmente reprises do programa são exibidas pelo canal por assinatura TV Rá-Tim-Bum.

Hoje as crianças têm poucos espaços onde podem aproveitar contações de histórias. A meu ver os contos infantis são tão ricos que deveriam ter espaço reservado na infância de todas as crianças.

Não encontrei nada que mostrasse um momento de contação de histórias do Bambalalão, mas através do link http://www.youtube.com/watch?v=XbzHunDTazA&NR=1 você pode acompanhar um divertido momento musical desse programa.
Em breve postarei aqui informações sobre locais que fazem contações de histórias para adultos e crianças além de alguns cursos sobre transmissão oral de conhecimento e de “formação” para contadores de história.

Enquanto isso divirta-se com a história do galinheiro da minha avó.

Anúncios

13 pensamentos em “Olha o trenzinho que carrega a alegria…

  1. Eu adorava o Bambalalão – embora fosse mais indicado para o meu irmão mais novo, que tinha idade “condizente” com o programa – e achei o máximo ver que outros, como eu, não se esqueceram do programa. A contação de histórias era feita não só pela Gigi, mas tb pelo João Acaiabe. Outro dia procurei no orkut alguma coisa sobre o programa e achei a abertura e umas cenas em que a Silvana dialoga com o boneco mais interessante, a meu ver, que é o Bambaleão. Aliás, outro dia eu estava cantando para a minha filhinha uma das músicas do programa, que, na época, lançou fitas (o cd ainda não havia sido inventado). A fita era azul por fora…

  2. E não era uma delícia?
    Que ninguém nos ouça, ou leia, eu tenho o LP do Bambalalão!
    Obrigado pela visita.
    Beijo e bom carnaval.

  3. ASSISTIA BAMBALALÃO COM MEUS FILHOS DE 1 E 4 ANOS,E FOMOS A SP ASSISTIR UM CIRCO COM ELES. HOJE ESTÃO COM 30 E 27 ANOS NÂO SE LEMBRAM DISSO E EU JÁ COM 55 ANOS GUARDO TUDO EM MEU CORAÇÂO E TENHO TAMBÉM O DISCO LANÇADO NA ÉPOCA. QUE SAUDADES!!!!

  4. Tenho que contar isso: Não só fui ao Bambalalão, como participei da oficina de artes do Prof. Parapopó…
    e o engraçado é que isso NUNCA me sai da cabeça… imaginem, cheguei até esse blog porque eu estava cantando a música de abertura desde cedo, do nada… aí resolvi procurar sobre eles na internet…
    Acabei perdendo meu caderninho de autógrafos… Mas o Chiquinho Brandão escreevu pra mim (eu tinha uns 6 anos) “Um ósculo do Prof. Parapopó!”

  5. E a são paulina da H1 vem se meter por aqui de nooovo, é que ai.. eu tão lembrei desse post quando eu ví que a cultura vai fazer a retrospectiva dos antológicos programas infantis, o que inclui clássicos como Catavento e Bambalalão!!

    (http://www.tvcultura.com.br/conteudo/2208)
    E apesar de “isso não ser da minha época” tenho grande simpatia pela nostalgia oitentista e tudo de belo e trash que envolve essa década. haha

  6. Nossa. Quanta saudade do Bamba! Eu ja tinha 18 anos e adorava assistir ao lado da minha sobrinha. Adorava o Bambaleao, boneco manipulado pelo Chiquinho Brandao! Chiquinho era inteligente e criativo nas falas improvisadas que muitas vezes criava! Todos deixaram muitas saudades!

  7. Bambalalão, Bambalalão, Bambalalão,Bambalalão,Bambalalão… quem não se lembra desse refrão ao ouvir essa expressão!!!
    Assistia todos os dias com o meu filho e impossível esquecer dos contadores de histórias e do inesquecível e charmoso “Bambaleão”, que deixa saudades. Ainda hoje com “44”” adoro assistir aos reprises. O que mais me encanta no programa é a presença constante da simplicidade e da ingenuidade dos personagens.

  8. gostaria de localizar o palhaço tic tac, pois ele fez a festa do meu filho em alambari em 1993, entre em contato com solange eu trabalhava na eletropaulo em sp, hoje moro em alambari-sp, 150 km de sp,

  9. SAUDADEEEE….HJ C/ 37 ANOS MANTENHO A REPRISE NA MINHA MEMORIA DESSE TEMPO QUE SUBSTITUI O QUE NAO SE ENCONTRA MAIS HJ NAS TELAS PARA ESSA NOVA GERAÇAO…GIGI, TIC-TAC, SILVANA, PAM-PAM E OUTROS…ALEM DE INTELIGENTES SABIAM FAZER HUMOR COM APRENDIZADO…A TV CULTURA PODERIA REPRISAR…SERIA AUDIENCIA E OPORTUNIDADE DIDÁTICA PARA AS CRIANÇAS DE HJ QUE NAVEGAM NO MUNDO VIRTUAL POR FALTA DE OPÇAO NA TV.

  10. Olá pessoal! Estou em busca de um filme do palhaço Tic-Tac com a bruxa Fredegunda. Eu assistia com meus irmãos quando éramos mais novos, e conversando sobre o assunto resolvemos procurar o filme para assistirmos de novo. Alguém tem alguma idéia onde posso achar? Obrigado.

  11. Não sei se mais alguem vai votar a ler está pagina afinal o ultimo comentário foi de 2011 mas se o Daniel ler ele que falou dos bonecos metaleiros na época em que o rock in rio 1 foi realizado no Brasil eu mandei varias cartas ao bambalalão com o pseudônimo de HEAVY METAL ROCK CLUB e o legal que a turma do bamba leu todas e interagiu com muitas das doidices que eu escrevia eu até mandei uma pulseira de rockeiro pro Tenório Dedalino anonimamente eu participei do Bambalalão que saudades!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s